Mirante de Phi Phi

Era nosso segundo dia na ilha e resolvemos subir até o Mirante de Phi Phi para a clássica foto das duas praias separadas pela fina faixa de areia em que localiza a vila.

Mirante de Phi Phi

Era por volta das 15:30 quando começamos nosso passeio para o Mirante de Phi Phi seguindo morro acima serpenteando por uma estrada.

Silêncio total. Ninguém no caminho. Apenas uma ou outra construção a distância.

De fato, quando finalmente cruzamos com 2 rapazes que iam em direção a vila, após cumprimentar, perguntei pelo mirante. A resposta foi: Continue em frente. Estão quase lá.

Não mentiram. De fato, passados uns 15 minutos, avistamos o portão. Pagamos a entrada e caminhamos pelos jardins até o bar do mirante. O local estava cheio. Mas não entendíamos por onde tinham vindo aquelas pessoas afinal, o caminho estava deserto.

A vista do Mirante de Phi Phi era incrível. Certamente valeu a pena a subida. Tiramos algumas fotos e, enquanto relaxávamos, observamos que mais pessoas chegavam. Porém, de uma direção diferente da que havíamos chegado. Assim, resolvemos descer por esse caminho diferente.

Só que na realidade o caminho era uma escadaria sem fim. Um verdadeiro purgatório. De tal forma que tranquilizamos algumas pessoas que, exaustas, pensavam em desistir a poucos metros da entrada.

Diz a sabedoria popular que “para baixo todo santo ajuda”. No entanto, cheguei a vila com as pernas tremendo pelo esforço da descida. Estávamos exaustos. Mas felizes por termos escolhido subir para o Mirante de Phi Phi pela estrada. Sem dúvida nosso caminho, embora mais longo, havia sido bem mais suave.

Reservas Parceiras:

Se você gosta de nosso conteúdo, marque-nos como um de seus favoritos e divulgue nossos textos nas redes sociais. Mas, sobretudo, faça suas reservas através de nosso site. Assim, você nos incentiva a continuar produzindo conteúdos de qualidade.