Regensburg: O que ver em 2 dias

Se você procura o que ver em Regensburg saiba que a cidade, localizada na região da Baviera, é uma das mais antigas e bem preservadas da Alemanha.

Tanto que seu centro histórico mantém, além de construções medievais, a estrutura medieval dos espaços públicos. Da mesma forma, encontra-se na Ponte de Pedra uma testemunha da história. Uma vez que, desde o século XII, ela permite uma travessia segura do Rio Danúbio.

Como se não bastasse, Regensburg é uma das poucas cidades alemãs que foram ocupadas pelo Império Romano.

Desse modo, você poderá ver as ruínas da Porta Praetoria que, construída em 179 d.C. pelo imperador Marcus Aurelius, era parte da fortaleza Castra Regina.

Enquanto estiver vendo Regensburg, entre uma atração e outra, deixe-se levar pelas ruas da cidade. Afinal, suas fachadas coloridas, mais parecem extraídas de um conto de fadas.

O que ver em Regensburg: As principais atrações

Catedral de São Pedro, Regensburg
Catedral de São Pedro
  • Alte Kapelle: A “Capela Velha” remonta a tempos romanos. No entanto, no século 18, a basílica foi reconstruída em estilo rococó bávaro.
  • Altes Rathaus (Prefeitura Velha) – O complexo do edifício, do século 13, passou por alterações. Por isso é composto por três seções: a torre da Câmara Municipal, o edifício da Câmara Imperial (gótico) e a Câmara Municipal (barroco).
  • Domplatz: A praça abriga o Regensburger Dom.
  • Regensburger Dom (Catedral de São Pedro): Uma das maiores catedrais góticas da Baviera. A construção data do século 13. Embora os pináculos filigranados só tenham sido adicionados no século 19. Sua fachada contrasta com o edifício medieval “Haus Heuport”.
  • Geschlechterturm: A torre medieval foi construída a partir de 1260 e dispõe de um pátio com jardim.
  • Haidplatz: Uma das praças mais antigas de Regensburg. Ali encontram-se o restaurante “Zum Goldenen Kreuz” (The Golden Cross), que tinha o Kaiser Karl V como cliente; o neoclássico Thon-Dittmer-Palais e o Neue Waag; edifício que aloja a bolsa de comércio desde 1441.
  • Kohlenmarkt: A praça era um mercado de carvão vegetal. Na borda sul está o Zier oldsplatz com o monumento a João da Áustria.
  • Neupfarrplatz: Na reconstrução desta praça, foram encontrados sítios arqueológicos de um antigo bairro judeu. Uma vez que em 1519 os judeus foram expulsos pelo conselho da cidade e o bairro foi demolido.
  • Neupfarrkirche: A igreja luterana mais antiga na cidade
  • Porta Praetoria: Portão em arco construído em 179 dC era parte da fortaleza romana Castra Regina.
  • Salzstadl: Depósito de sal foi construído entre 1616-1620, próximo a Ponte de Pedra.
  • Schloss Thu und Taxis (Palácio Thu and Taxis): No século 15, Franz von Taxis criou o primeiro sistema postal europeu e manteve monopólio até o século 19.
  • Steinee Brucke: Ponte de pedra construída entre 1135 e 1146.

O que ver em Regensburg: Uma experiência de 02 dias

Dia 01: Feira de Antiguidades e Centro Histórico

Geschlechterturm em Regensburg
Geschlechterturm

Se você estiver em Regensburg num sábado, visite a feira de antiguidades. Pois, além de acontecer próximo ao centro histórico, é um programa local agradável.

Ao sair da feira, siga para o Regensburger Dom (Catedral de São Pedro). Você não irá se perder pois, com toda certeza, a enorme catedral gótica destoa das outras construções.

Depois que sair da catedral, vage a esmo até chegar na Rathausplatz, com seus bares e lojas. Aproveite para admirar o Altes Rathaus.

Em seguida, rume para a Haidplatz e vá até a Torre Geschlechterturm.

Logo depois, continue a caminhar até a Neupfarrplatz. Passe pela Porta Praetoria e faça uma parada no Historische Wurstkuchl. Afinal, o Historische Wurstkuchl é considerado a mais antiga cozinha de salsicha, no mundo.

Como você estará na beira do rio Danúbio, caminhe até a ponte Steinerne Brücke. Se ainda tiver disposição, vá até Stadtamhof. Afinal, é só cruzar o rio.

Dia 02: Schloss Turn und Taxis

Ainda pela manhã, caminhe rumo ao jardim do Schloss Turn und Taxis. Passeando pela enorme área verde, você chegará ao castelo.

Ao sair do castelo, visite a Abadia de St. Emmeram. A bela igreja romanesca vale uma visita não apenas por sua beleza, como também por guardar relíquias do século X. No entanto a igreja é ainda mais antiga, uma vez que data do século VIII.

Como chegar em Regensburg

  • Avião – O Aeroporto Internacional mais próximo fica em Munique.
  • Trem – A cidade possui uma estação ferroviária que está na rota de linhas internacionais e regionais. Nós chegamos em Regensburg vindos de Praga. Através de uma viagem de trem, sem baldeações, que durou 04 horas e 23 minutos.

Onde se hospedar em Regensburg

Como a estação ferroviária de Regensburg fica junto a um centro comercial e próximo do Centro histórico, nós optamos por nos hospedar nesta região no hotel ibis Regensburg City. Assim, além da facilidade de locomoção, ainda ficou fácil ver Regensburg com tranquilidade.



Booking.com

Informações e Curiosidades:

  • Patrimônio Mundial: O trabalho de conservação e restauração, que acontece desde os anos 1970, foi reconhecido em 2006. Pois o centro da cidade e o bairro Stadtamhof foram incluídos na lista da Unesco.
  • Geschlechterturm: construída a partir de 1260, é a mais alta torre medieval ao norte dos Alpes.
  • Palácio Thu e Taxis (Schloss Tu und Taxis): Como a família de Franz von Taxis recebeu o antigo mosteiro beneditino St Emmeram em 1810, este passou a ser conhecido como Schloss Thu und Taxis. O palácio era um dos mais modernos da Europa, visto que contava com descarga nos sanitários, aquecimento central e eletricidade. Mais informações no site: www.thuundtaxis.de
  • Historische Wurstkuchl: Mais antiga cozinha de salsicha no mundo. Pois, no século XII, trabalhadores comiam neste estabelecimento. Mais informações no site: www.wurstkuchl.de
  • Ponte de Pedra: Durante séculos foi o único cruzamento sólido ao longo do rio Danúbio.

Reservas Parceiras:

Se você gosta de nosso conteúdo, marque-nos como um de seus favoritos e divulgue nossos textos nas redes sociais. Mas, sobretudo, faça suas reservas através de nosso site. Assim, você nos incentiva a continuar produzindo conteúdos de qualidade.