Bogotá: O que fazer em 2 dias

Para você que está procurando o que fazer em Bogotá, organizamos um roteiro de 2 dias pela capital Colombiana.

Mas, antes de mais nada, saiba que Bogotá é uma cidade localizada a 2.640 metros acima do nível do mar. Essa localização pode fazer com que algumas pessoas sintam os efeitos da altitude.

Uma curiosidade é que o planejamento urbano do centro histórico, foi influenciado por crenças indígenas. Ou seja, as construções coloniais foram edificadas dentro do padrão indígena de loteamento do solo.

De fato as populações pré-colombianas eram civilizações complexas que dominavam saberes de diversas áreas. O que pode ser comprovado com uma visita ao imperdível Museo del Oro. Uma vez que seu acervo contém jóias criadas no período pré-hispânico.

Aliás a cidade abriga, pelo menos, mais duas pérolas: O Museo Botero e o Museo Nacional de Colômbia.

Além disso, Bogotá é uma cidade com integração de áreas construídas e áreas verdes. Inclusive com espaços para pedestres e ciclovias.

Por isso, quando estiver em Bogotá, encante-se com o museu do Ouro. Experimente a culinária local. Vá a um mirante para ver os contrastes da cidade. Passeie por suas ruas… Mas lembre-se que para seu corpo restabelecer a harmonia, precisará de tempo para adaptar-se à altitude.

Principais Atrações Turísticas:

  • Biblioteca Luis Ángel Arango
  • Jardim Botánico José Celestino Mutis
  • La Candelaria, a área do centro histórico
  • Museu Nacional
  • Museu Botero
  • Mirador Metropolitano da Torre Colpatria
  • Museu do Ouro
  • Observatório Astronômico Nacional
  • Planetário de Bogotá
  • Quinta de Bolívar
  • Teleférico de Monserrate
  • Catedral de Sal, um Patrimônio Histórico e Monumento Nacional
  • Lagoa Guatavita, o provável local da lenda de Eldorado

O que fazer em Bogotá: Um roteiro de 02 dias

Após passar por San Andrés e Cartagena, visitamos a última cidade de nosso roteiro pela Colômbia: Bogotá.

Desde já, aviso que a cidade nos surpreendeu positivamente.

Dia 01: Museu do Ouro + Centro histórico + Cerro Monserrate

Pela manhã vá até o Museu do Ouro e aprenda sobre crenças e lendas. Enquanto estiver viajando pela história do metal, impressione-se com artefatos e tecnologias utilizados na era pré-colombiana. Pois muitas técnicas ainda são utilizadas na ourivesaria.

Posteriormente ao Museu do Ouro, siga em direção a La Candelária, a área de fundação da cidade.
Neste ínterim, passe pela Calle de la Catedral (ou rua da catedral) já que é onde está localizado o La Falsa Puerta, o café mais antigo da cidade. Posteriormente, vá para a Plaza Bolivar admirar a Catedral e o conjunto arquitetônico em estilo barroco.

Entretanto, saiba que a Plaza Bolivar também é o endereço do Palácio de Justiça bem como o do Capitólio Nacional. Aproveite a proximidade para ver o Museu da Independência, também chamado Casa del Florero.

Se a fome bater, faça uma parada para almoço no restaurante Puerta de La Catedral e, posteriormente, continue explorando o centro histórico.

A tarde, rume até o Cerro de Monserrate para um passeio de teleférico. No topo da montanha, a 3.152 m de altitude, existe uma igreja dedicada ao Senhor Caído. Mas não se decepcione caso uma névoa fina atrapalhe sua vista da cidade. Afinal, as mudanças de tempo são constantes.

Dia 02: Museu Botero + Centro Histórico + Mercado Municipal

Sua primeira atividade do dia será uma visita ao Museu Botero. Afinal, é uma oportunidade de conhecer as obras de Fernando Botero, o artista colombiano que pinta personagens gordinhos.

Logo depois, passeie até a Plazoleta Chorro de Quevedo, um dos locais mais antigos de Bogotá. Se, assim como nós, você adorar um mercado público, aventure-se até o Mercado Paloquemao. Certamente você irá se deliciar com as frutas exóticas.

Se você for muito amante de museus, visite o enorme Museu Nacional Colombiano. Uma vez que ele é um dos mais antigos nas Américas.

No fim da tarde, suba ao mirante da Torre Colpatria. Porém, verifique as condições climáticas pois a atração não funciona com tempo ruim.

Uma avaliação de nossos dias em Bogotá:

Definitivamente a capital colombiana nos encantou com sua história, culinária e áreas verdes. Visto que resolvemos divulgar esse roteiro do que fazer durante 2 dias em Bogotá.

Como chegar em Bogotá:

  • Avião: O Aeroporto Internacional El Dorado de Bogotá faz a ligação com cidades colombianas e com destinos internacionais. Só para ilustrar, utilizamos a LATAM no voo internacional e a VIVA AIR no voo doméstico.
  • Ônibus: A empresa Expreso Internacional Ormeño liga a cidade a Quito (Equador) e a Lima (Peru).

Como ir do Aeroporto ao Centro da Cidade

A linha de transporte público M86 (Aeropuerto Eldorado – Hacienda Santa Bárbara) parte da estação Muelle Internacional e tem parada no Museu Nacional Colombiano. Mais informações no site Transmilenio.

Chegamos em um dia de greve de taxistas. Logo, pagamos mais caro pelo transfer compartilhado até o hotel.

Como Transitar por Bogotá

Dependendo de onde se hospedar, poderá fazer a maioria do roteiro a pé. No entanto a cidade é bem servida por transporte público e táxi.

Onde se hospedar em Bogotá:

Nós escolhemos o hotel ibis Bogota Museo. Pois ele está ao lado do Museu Histórico Nacional em uma área com restaurantes. Além disso, está a uma caminhada agradável do centro histórico.



Booking.com

Informações e Curiosidades:

  • Fundação: Fundada em 1538, a cidade foi nomeada Nossa Senhora da Esperança.
  • Altitude: Bogotá é a 3a capital de maior altitude do mundo. Dessa maneira, perde apenas para La Paz, na Bolívia, e Quito, no Equador.
  • Culinária Local: O Ajiaco Santafereño é uma sopa com frango, batatas, milho e especiarias. Que, não apenas é servida com creme e alcaparras, como também é acompanhada de abacate e creme de frutas. Por outro lado, o Tamale é cozido no vapor envolto em folhas de bananeira. É uma massa de milho com grão de bico, cenoura e temperos além de carne ou frango.
  • Cultura: O Museu Nacional da Colômbia data de 1823 . Portanto, é um dos mais antigos das Américas. Mais informações no site do Museo Nacional.
  • Museu do Ouro: Possui a maior coleção de ouro pré-colombiana do mundo. Uma vez que seu acervo é composto por 35 mil peças de ouro tumbaga. Informações em Banrep Cultural.

Reservas Parceiras:

Se você gosta de nosso conteúdo, marque-nos como um de seus favoritos e divulgue nossos textos nas redes sociais. Mas, sobretudo, faça suas reservas através de nosso site. Assim, você nos incentiva a continuar produzindo conteúdos de qualidade.