Circuito por Cachoeiras do Arraial do Sana e Lumiar

Cansados de ficar em casa por causa da pandemia, resolvemos fazer um roteiro pela natureza. Assim nasceu nosso Circuito por Cachoeiras do Arraial do Sana e Lumiar.

Antes que você vá para o mapa buscar pelas cidades, aviso que Arraial do Sana pertence a Macaé; cidade do Estado do Rio mais conhecida pela Indústria Petrolífera. No entanto, é no Arraial do Sana que está localizado um circuito de cachoeiras chamado Circuito das Águas do Sana.

Apesar de ser relativamente curto, o Circuito das Águas do Sana possui estrutura de banheiros e é um passeio agradável em meio a mata Atlântica. São 5 cachoeiras (Sete Quedas, Pai, Mãe, Filho e Escorrega) e 2 poços (Gruta e Borboleta).

Por outro lado, Lumiar pertence a Nova Friburgo, cidade famosa por sua indústria de moda íntima, mas que possui ótimos passeios por trilhas e cachoeiras.

O foco no distrito de Lumiar é porque a localidade abriga algumas das mais belas cachoeiras da região.

Além disso, na região do Encontro dos Rios Bonito e Macaé, você não só observará a força das águas como também poderá aproveitar para banhar-se num dos poços de calmas águas do rio Bonito.

Isso sem mencionar que, o nosso circuito de cachoeiras também facilita que você conheça os poços Belo, Verde (que eu considero o mais bonito deles), Feio e a Toca da Onça.

Foi dessa forma, unindo dois municípios limítrofes na Serra Fluminense, que planejamos um circuito por cachoeiras do Sana e Lumiar.

Circuito por Cachoeiras do Arraial do Sana e Lumiar: Principais Atrações da região

Macaé – Arraial do Sana:

  • Circuito das Águas do Sana.
  • Cachoeira Andorinhas

Nova Friburgo – Lumiar:

  • No bairro de Boa Esperança: Cachoeira São José, Cachoeira Indiana Jones, Cachoeira Aventura e Poço Belo
  • Na região central de Lumiar: Poço Feio
  • Na direção para Casimiro de Abreu: Poço Verde, Encontro dos Rios, Toca da Onça, Cachoeira Santa Luzia

Circuito por Cachoeiras do Arraial do Sana e Lumiar: Uma experiência de 4 dias

Dia 01: Arraial do Sana

cachoeira sete quedas
Cachoeira Sete Quedas – Arraial do Sana

É sua oportunidade de fazer do caminho uma viagem. Por isso, saia cedo de casa com destino a Lumiar. Porém faça uma parada no Arraial do Sana para conhecer o Circuito das Águas.

No entanto, tenha consciência de que o circuito fica dentro de uma área de preservação e cobra entrada.

Assim, para aproveitar bem o circuito, faça a trilha diretamente até a Cachoeira Sete Quedas (a mais alta). Apenas na volta faça suas paradas para banho nas quedas d’ águas e poços.

Após esbaldar-se no circuito das cachoeiras do Sana, siga até Lumiar. Posto que é lá que indicamos que você fique hospedado.

Dia 02: Poço Verde e Encontro dos Rios

poço verde
Poço Verde, Lumiar

Após um dia na estrada, nada como uma programação mais leve com trilhas curtas e poços mansos para banho.

Desta forma, pegue o Caminho para o Encontro dos Rios. No caminho, você verá a placa da Área de Proteção Ambiental Estadual de Macaé de Cima.

Fique atento para uma área mais larga na estrada que permite estacionar o carro. Afinal, a trilha para o Poço Verde é escondida e sem sinalização (são aproximadamente, 4 km da praça de Lumiar). Mas vale a pena parar para uma visita e um mergulho.

Caso não consiga encontrar a trilha, não desespere pois seu dia não estará perdido. Apenas siga a estrada para o Encontro dos Rios. Ao atravessar a ponte, estacione o carro onde for possível e dirija-se para a pequena trilha a direita.

Ao percorrê-la, você não apenas terá acesso a um mirante com vista para o encontro dos rios Macaé e Bonito, como também terá acesso áreas calmas propícias a um mergulho.

Dia 03: Cachoeiras Indiana Jones, Aventura e poço Belo

cachoeira indiana jones
Caminho para a Cachoeira Indiana Jones, Lumiar

Um dia para você extasiar-se com as cachoeiras Indiana Jones e Aventura. Afinal, ambas que competem entre si no quesito conjunto da obra (beleza da cachoeira associada ao cenário natural).

Para isso, pegue a direção da região de Boa Esperança. Mas aviso, a estrada é estreita e íngreme. Existe a possibilidade de caminhar uma parte do percurso ou até mesmo contratar um tour.

Se você optar por dirigir todo o percurso, saia cedo; pois a área de estacionamento é pequena.

A trilha para a cachoeira Indiana Jones é curta e seu acesso é feito por uma espécie de cânion, com águas claras e fundo arenoso. As paredes do cânion sustentam, 2 pedras que ficaram encravadas em sua abertura superior, criando uma atmosfera de caverna iluminada.

Não muito longe dali, com indicação escrita num poste de luz, está a Cachoeira Aventura. No entanto, essa trilha, embora bem marcada e relativamente plana, é um pouco mais nativa e longa que a da cachoeira Indiana Jones.

A cachoeira Aventura fica em meio a mata e possui duas quedas d’água que terminam em um poço.

Ao sair da Cachoeira Aventura, siga para sua última parada: o Poço Belo. Um lugar perfeito para relaxar após as 2 trilhas.

Mas, se a fome bater, basta atravessar a rodovia e provar uma especialidade local; o pastel de broto de bambu.

Dia 04: Toca da Onça

É seu último dia. Por isso, vá relaxar na Toca da Onça.

A Toca da Onça é um poço de águas claras e fundo arenoso, que conta com estrutura de bar.

Porém, o acesso é feito através de 5 km de estrada de terra, estreita com curvas e muitos aclives e declives.

Como Chegar:

Ônibus

  • Arraial do Sana: ônibus até Casimiro de Abreu e ônibus até Arraial do Sana.
  • Lumiar: ônibus até Nova Friburgo e ônibus até Lumiar.

Carro

  • Arraial do Sana: No município de Casimiro de Abreu, pegue a RJ-142 e, em seguida, a Estrada do Sana.
  • Lumiar: Fica na RJ-142 que pode ser acessada tanto a partir de Casimiro de Abreu, quanto a partir de Nova Friburgo.

Onde se hospedar:

Nós escolhemos a pequena Nina-Flor Pousada Lumiar pois é estruturada para que o hóspede possa tomar seu café da manhã (com autonomia) no quarto. Se essa característica normalmente já seria interessante, em época de pandemia de COVID, torna-se ainda mais atraente ao reduzir o contato com outras pessoas.

Informações e curiosidades

  • Circuito das Águas do Sana: Horário de Visitação das 8:00 ás 16:00 hs. Mais informações em no portal do sana
  • Poço Feio (Lumiar): Quando visitamos (janeiro de 2021), pagava-se R$15,00 por pessoa para entrar. No caso de ocupar uma das mesas, uma consumação mínima de R$30,00 era cobrada. Além disso, não era permitido subir nas pedras e tanto a tirolesa, como também a sauna estavam desativadas.

Reservas Parceiras:

Se você gosta de nosso conteúdo, marque-nos como um de seus favoritos e divulgue nossos textos nas redes sociais. Mas, sobretudo, faça suas reservas através de nosso site. Assim, você nos incentiva a continuar produzindo conteúdos de qualidade.



Booking.com