DestinosEuropa

Algarve: O que fazer em 3 dias

Se você vai a Portugal e está procurando o que fazer no Algarve, você está no lugar certo. Afinal, nós visitamos a região fazendo nossa base em Armação de Pêra.

O Algarve é uma região de Portugal famosa pelas vilas com falésias e praias mediterrâneas. Porém, durante os séculos VIII ao XIII, foi dominada pelos mouros.

Dessa forma, vemos que a região sempre teve forte ligação com o mar. Afinal o mesmo mar que facilitou a passagem de outros povos; também influenciou em nomes de povoados, na arquitetura e nos ornamentos dos monumentos.

Só para exemplificar, vamos focar em Armação de Pêra. Pois suas origens remontam a uma próspera aldeia de pescadores.

Visto que para sua defesa, contra piratas e corsários, um proprietário de barcos de pesca construiu o Forte de Santo António da Pedra da Galé. Inclusive o nome “Armação de Pêra” é devido à existência de uma armação de pesca de atum que existia naquela região.

Sem dúvida, como a maioria dos balneários do Algarve, Armação de Pêra cresceu de forma desordenada. Mas conserva algumas das antigas casas baixas, as ruínas da Fortaleza e a Capela de Santo António.

No passado, o trabalho na atividade pesqueira era o maior atrativo de suas praias.

Atualmente o atrativo é, não só a possibilidade de descansar nas extensas faixas de areia mas também o belo visual formado pelo contraste do mar azul esmeralda com as falésias alaranjadas.

O que fazer no Algarve – Principais atrações:

Armação de Pêra:

  • Forte de Santo António da Pedra da Galé: É conhecido como Fortaleza de Armação de Pêra, data do século XVI, e foi construído para defesa contra os corsários otomanos.
  • Capela de S. António: Construída no século XVIII em homenagem ao santo padroeiro do Forte. Também conhecida como Capela de Nossa Senhora dos Aflitos, protetora da vila.
  • Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Navegantes: Data da segunda metade do século XX.
  • Antigo Cassino de Armação de Pêra: Abriga uma Galeria de Artesãos
  • Mercado Municipal de Armação de Pêra
  • Ermida de Nossa Senhora da Rocha
  • Praias

Nos Arredores

  • Castelo de Silves
  • Sagres
  • Cavernas de Benagil

O que fazer no Algarve: Uma experiência de 03 dias

Nós fizemos Armação de Pêra como base de nossa viagem pelo Algarve. Pois ficamos hospedados na casa de amigos.

Porém, como os atrativos do Algarve ficam em diferentes vilas, alugue um carro para ter liberdade e autonomia.

Dia 01: Castelo de Silves

Catedral de Silves
Catedral de Silves

Coloque o carro na estrada e vá até Silves uma cidade medieval que durante a ocupação moura, além de oferecer defesa, foi um importante centro comercial.

O castelo e a cidade medieval de Silves, diferem de Beja e de Monsaraz, principalmente pela cor avermelhada dos tijolos de arenito vermelho que foram utilizados em sua construção.

Foque na parte medieval da cidade e dirija até quase a porta do castelo pois não é permitido estacionar dentro da cidade medieval.

Assim sua visita começará pelo Castelo, guardado pela estátua do Rei Sancho I e seguirá para a Catedral gótica e para a Igreja da Misericórdia de Silves.

Depois, apenas suba e desça pelas estreitas ladeiras vendo as construções, observando detalhes e se encantando até chegar ao Museu Municipal de Arqueologia e às Portas da Cidade de Silves, onde um portão estreito atravessa as sólidas muralhas.

Dia 02: Armação de Pera

Após conhecer o Mercado Municipal, aproveite para caminhar pela praia. Mas, na Praia do Vale do Olival, siga por uma trilha até a Praia dos Tremoços Oeste. Um visual lindo!

Na parte da tarde, passeie pelo centrinho de Armação de Pêra visitando o Forte, a capela e o mercado de artesãos (antigo cassino). Em seguida, vá até a Ermida de Nossa Senhora da Rocha uma construção de fins do século XV, que situada no alto de um rochedo, também atua como mirante.

Dia 03: Litoral Sul

Praia da Rocha em Portimão
Praia da Rocha em Portimão

Dia de, literalmente, pôr o carro na estrada para conhecer um pouco mais do litoral sul do Algarve.

A primeira parada será na Praia da Rocha, em Portimão.

Em seguida, rume para a Ponta da Piedade, em Lagos, com seu labirinto de formações rochosas, suas grutas e praias escondidas.

Encerre em Sagres, a cidade que foi ponto de partida dos exploradores portugueses no sec. XV. Pois ali, você conhecerá o Forte de Santo António de Belixe (conhecido como Fortaleza de Belixe) e o Cabo de São Vicente.

Como chegar em Armação de Pêra, no Algarve:

  • Avião: O Aeroporto Internacional Faro é o mais próximo. Ele faz a ligação com outras cidades portuguesas e de outros países. Nós saímos utilizando a empresa TAP, num voo para Lisboa
  • Ônibus: A Estação Rodoviária de Armação de Pera faz a ligação com outras cidades portuguesas. Nós pegamos um ônibus da Rede Expressos, em Sevilha, que nos deixou no Aeroporto de Faro. Uma vez que ali retiramos o carro alugado.

Onde se hospedar em Armação de Pêra:

Nós ficamos na casa de amigos. Mas não faltam opções de hospedagem em Armação de Pêra.



Booking.com

Informações e Curiosidades

  • Etimologia: Algarve é uma derivação fonética da expressão árabe Al-Gharb, significando O Ocidente.
  • Silves: Durante a ocupação moura era, não só uma fortaleza, mas também um importante centro comercial. Uma vez que barcos navegavam através do rio Arade e cruzavam para o norte da África.
    • Castelo de Silves: embora date do século VII, as ameias de tijolos de arenito vermelho se originaram no século XII, no auge da luta entre os cruzados cristãos e os mouros africanos.
    • Rei Sancho I: Foi quem liderou a vitória portuguesa na invasão do castelo em 1189. Por isso sua estátua guarda a entrada do castelo.
    • Restauração: O Castelo de Silves passou por uma grande restauração.
    • Captação de água da chuva: As fortificações possuíam engenhos criativos para sobreviver a cercos prolongados. Só para ilustrar, existiam cisternas alimentadas pela água da chuva.
  • Armação de Pêra: A primeira referência escrita remonta a 1577. Assim, a obra Corografia do Reino do Algarve, de Fr. João de São José, relata a existência de uma armação de pesca de atum.
  • Cabo de São Vicente: Localizado na vila de Sagres, é o ponto mais a sudoeste da Europa continental

Reservas Parceiras

Se você gosta de nosso conteúdo, marque-nos como um de seus favoritos e divulgue nossos textos nas redes sociais. Mas, sobretudo, faça suas reservas através de nosso site. Assim, você nos incentiva a continuar produzindo conteúdos de qualidade.



Booking.com